Munich Dunkel: cerveja escura alemã

Munich Dunkel: cerveja escura alemã

Até o século XIV, as cervejas escuras eram predominantemente feitas com levedura de alta fermentação, pertencentes à família Ale. Porém, em 1840, a descoberta de leveduras Lager ampliou as possibilidades da produção cervejeira. Elas conseguiram suavizar o sabor defumado das cervejas escuras, sobressaindo o caráter maltado, o que possibilitou a criação da Munich Dunkel.

História da Munich Dunkel

Mais uma famosa criação alemã, a Munich Dunkel é uma Lager maltada escura (significado da palavra dunkel), com um leve sabor torrado. Como o próprio nome já diz, essa cerveja artesanal tem origem em Munique e, por muito tempo, se destacou no mercado cervejeiro.

Também conhecida como Brown Lager de Munique, esse estilo fazia grande sucesso na Bavária e na Francônia. Por muito tempo a cerveja de Munique competiu no mercado com as bebidas claras estrangeiras, até o surgimento da Munich Helles, em 1940.

Além da Dunkel Lager existe também a Dunkel Weiss, feita com o mesmo processo, porém possui um tipo diferente de malte, o de trigo.

Conheça as quatro escolas cervejeiras do mundo.

Características da Munich Dunkel

A Munich Dunkel possui características únicas que a torna diferente de uma Bock, uma vez que apesar da grande quantidade de malte tem um teor alcoólico menor e dulçor mais intenso de malte. Porém, também se difere da Schwarzbier por ser mais clara e menos seca. A Dunkel possui corpo médio e a carbonatação é moderada e sua concentração alcoólica varia entre 4,5% e 6%. Conheça os principais atributos dessa bebida. 

Aparência

Ao se deparar com uma Munich Dunkel, a primeira característica que ressaltamos é sua aparência. O tom varia do cobre ao marrom escuro, com matizes vermelhas ou granadas. Seu colarinho de espuma cremosa e densa tem uma coloração clara a bronze. Geralmente é uma cerveja limpa, mas sem filtragem, ela é turva.

Aroma

A Dunkel possui um intenso dulçor de malte e um curioso aroma levemente torrado, que se deve ao tipo de malte usado na receita. Ela também pode ter notas de café, toffee, chocolate, nozes e caramelo e de pão, na maioria das vezes pão tostado. Dependendo da quantidade de lúpulo é aceitável que possuam também um aroma condimentado desse ingrediente, floral ou herbal. 

Sabor

Na boca, o amargor é equilibrado, o que faz com que a Dunkel seja fácil de beber. Seu sabor é suave, rico e complexo de maltes Munich, e pode ter notas de casca de pão, é como um pão líquido. Também é possível sentir traços de caramelo, tostados ou nozes. Em versões mais recentes, é percebido um caráter de chocolate. Levemente maltada, essa cerveja não é exagerada ou enjoativa. 

 

Como harmonizar a Munich Dunkel

Nada melhor do que tomar uma boa cerveja acompanhada por um delicioso prato, e para ter experiências gastronômicas e cervejeiras agradáveis, garantir a combinação perfeita dos elementos é fundamental. 

A Munich Dunkel harmoniza muito bem com pratos alemães e receitas agridoces; carne vermelha, suína e de caça e queijos fundidos também são uma boa pedida; as massas e risotos vão muito bem com a Dunkel. No quesito sobremesas, a cerveja combina com as mais doces, principalmente as que têm café e chocolate na composição são as ideias.   

 Conheça a Munich Dunkel da Cervejaria Antuérpia

A Munich Dunkel da Cervejaria Antuérpia tem notas de café e chocolate, com uma leve presença de lúpulo e irá tomar conta do seu paladar. Com IBU 20 e 5,5% V/V, essa cerveja de baixa fermentação tem temperatura ideal de 4ºC. Complexa e deliciosa, é uma cerveja que certamente encanta todos os têm a oportunidade de saboreá-la. 

Deu até para sentir o sabor e o aroma espetaculares dessa cerveja, não é? Conheça outro rótulo famoso da escola alemã, a Weissbier.

pt_BR
en_US pt_BR